Solenidade de Lançamento da REVISTA PENSE!

“A Secretaria da Educação(Seduc) lança nesta segunda-feira, dia 10, às 17 horas, no Theatro José de Alencar, a Revista Pense! do Programa Alfabetização na Idade Certa(Paic). Com uma abordagem diferenciada, são

48 páginas que mesclam elementos do meio rural e urbano. Dedicada ao professor, fala sobre o dia a dia da escola cearense, as experiências educacionais que estão dando certo, além de artigos, ensaios e espaço para troca de idéias. O lançamento terá a presença da secretária Izolda Cela.

A Revista Pense! quer incentivar a prática da leitura entre os professores para que essa cultura seja intensificada junto aos alunos.

Pode ser utilizada dentro e fora da sala de aula, estimulando a criatividade e a reflexão, trazendo respostas a dúvidas e situações do cotidiano pedagógico e aprofundando seus conhecimentos culturais.

A publicação conta com seções fixas como Entrevista com personalidades da área educacional, que nessa primeira edição traz o professor da Universidade Federal do Ceará(UFC), André Haguette, e ainda a SuperProfa. aberta a ações que contribuem para resultados positivos na aprendizagem dos alunos. Os conteúdos são organizados em três grandes

editorias: cultural, pedagógica e científica.

Ao decidir editar a publicação, a Seduc assume o compromisso de falar da educação cearense e seus desafios, respeitando aspectos culturais da região, sem perder de vista as contribuições do mundo em constantes transformações. Além disso, o veículo quer estimular o professor em sua profissão, promover a auto-estima e valorizar a prática docente.

Trata-se de uma ação inovadora que chegará aos professores da rede pública de ensino que lecionam nas séries iniciais do Ensino Fundamental (1º e 2º anos), bem como no último ano da Educação Infantil. Ou seja, a todos os profissionais cujos alunos estejam na idade certa para a alfabetização (05 a 07 anos), nos 184 municípios do Estado do Ceará participantes do Programa Alfabetização na Idade Certa(Paic).

Programa Alfabetização na Idade Certa(PAIC)

Lançado pelo Governo do Estado, em 2007, o programa tem a meta de alfabetizar todas as crianças da rede pública de ensino até sete anos de idade. Desde então, capacitou cerca de 15 mil professores dos 184 municípios cearenses e beneficia mais de 300 mil alunos de 1º e 2º anos do ensino fundamental, entre outras ações.

Na prática, o programa oferece materiais pedagógicos aos alunos, formação aos profissionais em alfabetização, programa de incentivo à leitura e sistemas que avaliem as séries iniciais do ensino fundamental e propiciem um diagnóstico para que o município possa gerenciar o ensino que oferta à sociedade. O Governo Estadual entende que o domínio da leitura e da escrita é condição prévia para o sucesso do aluno em outras aprendizagens escolares.”

Jacqueline Cavalcante

Fonte: http://www.antonioviana.com.br/2009/site/ver_noticia.php?id=58546

Anúncios

agosto 9, 2009. Educação. Deixe um comentário.

Estou feliz com sua visita!

Leitura é arte, é viver , sentir emoções, fazer viagens, conhecer mundos, cores e paisagens. A literatura, como qualquer arte, vai além da informação, é questionar e encontrar respostas, percorrer ruas ou caminhos diversos, voltar-se no tempo ou saltar vários anos adiante de si. E a responsabilidade de estimular o hábito da leitura nas crianças não é apenas dos pais e da escola, é de todos.

junho 5, 2009. Educação. Deixe um comentário.

Educação Infantil

Ser criança é …

Ser criança é brincar de pique-esconde,
É olhar com outros olhos o horizonte,
Ser criança é tomar sorvete,
É se perder que nem alfinete.

Ser criança é chupar chiclete,
Ser criança é querer ser chacrete,
Ser criança é ser uma confidente,
Pois criança vira tudo e fica igual a gente.

Ser criança é imaginar,
Flutuar e pensar,
Mais do que nunca,
Ser criança é criar.

Ser criança é mergulhar no fundo do mar,
Ser criança é sorrir e chorar,
Ser criança é mais que amar,
Ser criança é te alegrar.
Ser criança é quebrar o nariz,
Ser criança é virar atriz,Ser criança é ser
FELIZ!

junho 5, 2009. poemas e flores. Deixe um comentário.

Paisagens

junho 4, 2009. Educação. Deixe um comentário.

PARA REFLETIR…

DAS VANTAGENS DE SER BOBO…

“O bobo, por não se ocupar com ambições, tem tempo para ver, ouvir e tocar o mundo. O bobo é capaz de ficar sentado quase sem se mexer por duas horas. Se perguntado por que não faz alguma coisa, responde: “Estou fazendo, estou pensando”.

Ser bobo, às vezes, oferece um mundo de saídas, porque os espertos só se lembram de sair por meio da esperteza, e o bobo tem originalidade, espontaneamente lhe vem a idéia.

O bobo tem oportunidade de ver coisas que os espertos não vêem. Os espertos estão sempre tão atentos às espertezas alheias, que se decontraem diante dos bobos, e estes os vêem como simples pessoas humanas. O bobo ganha utilidade e sabedoria para viver. O bobo nunca parece ter tido vez. No entanto, muitas vezes, o bobo é um Dostoievski.

A vantagem de ser bobo é ter boa-fé, não desconfiar, e portanto, estar tranqüilo, enquanto o esperto não dorme à noite, com medo de ser ludibriado. O esperto vence com úlcera no estômago. O bobo não percebe que venceu.

Aviso: não confundir bobos com burros. Desvantagem: pode receber uma punhalada de quem menos espera. É uma das tristezas que o bobo não prevê. César terminou dizendo a célebre frase: “Até tu, Brutus?”

Bobo não reclama. Em compesação, como exclama!

Os bobos, com todas as suas palhaçadas, devem estar todos no céu. Se Cristo tivesse sido esperto, não teria morrido na cruz.

O bobo é sempre tão simpático, que há espertos que tentam se passar por bobos. Ser bobo é uma criatividade e, como toda criação, é difícil. Por isso é que os espertos não conseguem passar por bobos. Os espertos ganham dos outros. Em compensação, os bobos ganham a vida. Bem-aventurados os bobos, porque sabem, sem que ninguém desconfie. Aliás, não se importam que saibam que eles sabem.

Há lugares que facilitam mais as pessoas serem bobas (não confundir bobo com burro, com tolo, com fútil). Minas Gerais, por exemplo, facilita ser bobo. Ah, quantos perdem por não nascer em Minas!

Bobo é Chagall,que põe vaca no espaço, voando por cima das casas. É quase impossível evitar o excesso de amor que o bobo provoca. É que só o bobo é capaz de excesso de amor. E só o amor faz o bobo.”

(Clarice Lispector)

junho 4, 2009. Tags: . poemas e flores. 1 comentário.

Historia de Marco

Marco é um município brasileiro do estado do Ceará. Sua população estimada em 2004 era de 20.285 habitantes.

Suas origens remontam ao Século XVIII, tendo como referência um marco divisório entre a Ribeira do Acaraú e Santana do Acaraú, situando-se meia légua distante do local onde se edificaria a povoação. As terras nas quais se localiza o Município eram, primitivamente, habitadas por índios Tremembés, Aperiús e Acrius, tribos que por desavença familiar se separaram, indo algumas delas residir na Ibiapaba. Cessadas as desavenças tribais, surgiram os colonizadores brancos, dentre outros, Manuel de Góes, pioneiro na ocupação de terras na Ribeira do Acaraú.

fonte: wikipedia http://pt.wikipedia.org/wiki/Marco_(Cear%C3%A1)

junho 4, 2009. Tags: , , , . História. Deixe um comentário.

Hello world!

Welcome to WordPress.com. This is your first post. Edit or delete it and start blogging!

junho 4, 2009. Educação. Deixe um comentário.